15 minutos

15 minutos

Talvez eu não devesse escrever sobre você, há algo para escrever? Digito e apago o tempo todo me sentindo uma tola… E talvez eu seja, faço isso melhor do que ninguém. Você não fez absolutamente nada para marcar minha vida, mas você conseguiu. Eu realmente não consigo esquecer aquele olhar meio tortinho, e depois, aquela conversa de 15 minutos… Foram 15 minutos mesmo? Ou será que foi menos? 15 minutos que me fizeram esquecer, 15 minutos que me fizeram planejar, 15 minutos que me fizeram voltar a sonhar… Nada além de 15 minutos. Apenas um: “boa noite”, “prazer em te conhecer”, nada além do comum, do calmo, do simples. Garoto encontra garota, garoto fala com a garota. Acho que precisava disso, eu realmente não estava a fim de conversas conturbadas, drama… Tenho necessidade de algo totalmente comum. E você fez isso, em 15 minutos…E só.
E eu não consegui entender o efeito que aqueles 15 minutos fizeram comigo, foram totalmente empolgantes, e também, muito, muito frustrantes… Porque você simplesmente sumiu depois de quinze minutos…
Você sumiu por 15 dias, talvez mais, talvez bem mais… E quando eu mais precisava BUM, lá estava você de novo, como num passe de mágica. E conversamos por mais uns 15 minutos, talvez um pouco mais… Você me fez sonhar, rir, e planejar novamente… Com aquele mesmo papinho normal… Juro, isso me intriga. Você é apenas você, e eu sou apenas eu. Pouco tempo, pouco papo, e já me marcou totalmente.
E você sumiu de novo, talvez eu deva me machucar só pra ter a chance de falar mais 15 minutos com você,
Talvez eu deva entrar em problemas pra você vir me salvar, me aconselhar, como da última vez…
Ou talvez eu deva parar de lembrar desses 15 minutos o tempo todo e entender que você é aquele tipo de pessoa que irar me sarar quando eu precisar, aquele alguém que tem o poder de deixar todos as sua volta bem, seja por um sorriso, um olhar… Você transmite paz nas suas palavras…
Existe algo dentro de você extremamente lindo e profundo que fazem as pessoas quererem se aproximar apenas por 15 minutos…
Me pergunto todas as noites se você sabe que marcou minha vida, se você sabe que eu adorei te conhecer, se você sabe que eu percebi a sua luz…
E eu sei que quando eu estiver na escuridão de novo, você irá aparecer, nem que seja por apenas 15 minutos…

(Gabriela Oliveira)

Anúncios

Coloque sua opinião :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s